Pesquisas concluídas

2017 a 2022 – Relação entre a atmosfera e o processo de formação de massas d’água no oceano austral

Este projeto tem como objetivo principal compreender a conexão entre os padrões atmosféricos de diferentes regiões do globo com a variabilidade da formação da Água Modal Subantártica e da Água de Fundo Antártica. Especificamente, pretende-se: analisar os dois bancos de dados de reanálise oceânica e calcular a taxa de formação dessas massas d’água e analisar sua variabilidade; identificar, se possível, as frequências de variabilidade temporal intra e interanuais; e identificar possíveis regiões que possuem influência direta sobre a variabilidade na formação destas massas d’água.

2021 a 2021 – Telemetria hídrica, operando com estação solar autônoma, para o uso de gestão de bacias hidrográficas

Este projeto se propõe avaliar o desempenho de um sistema autônomo de monitorização de vazão de rio por telemetria, instalado na margem do recurso hídrico. Especificamente, pretende-se: a) Avaliar o consumo energético paralelamente a uma solução de Energy Harvesting para recolha de energia do meio envolvente; b) Avaliar a troca de mensagens com o servidor possibilitando a interação com aplicações de supervisão externas; c) Avaliar autonomia energética versus as condições climáticas do local; e d) Difundir a tecnologia monitorização da vazão de um rio por telemetria, aplicada na gestão de bacias hidrográficas.

2020 a 2021 – Desenvolvimento de metodologias e análises para condições propícias ao fogo em regiões subtropical e ártica a partir de dados de satélites e reanálises

Projeto desenvolvido entre a Universidade Federal de Viçosa e a The Ohio State University/Byrd Polar Climate and Research para desenvolvimento de metodologias e análises para condições propícias ao fogo em regiões subtropical e ártica a partir de dados de satélites e reanálises.


2018 a 2020 – Ocorrência de fogo na América do Sul durante o Holoceno e suas conexões com o sistema climático e atividades antrópicas

O projeto objetiva identificar a ocorrência de fogo e as suas causas (naturais e antrópicas) na América do Sul durante o Holoceno. Especificamente, pretende-se: Quantificar a ocorrência de fogo em seis regiões da América do Sul durante o Holoceno; Avaliar as condições ambientais relacionadas a ocorrência natural de incêndios; Avaliar os fatores associados a ocorrência antrópica de incêndios.


2016 a 2020 – Estimativa dos componentes do balanço de radiação no Brasil a partir de observações de superfície, reanálises e satélites

Construir e analisar uma série histórica de cada um dos componentes do balanço de radiação (radiação de onda curta incidente, radiação de onda curta refletida, radiação de onda longa emitida pela atmosfera e radiação de onda longa emitida pela superfície) abrangendo todo Brasil, a partir da utilização de dados de sensor MODIS, reanálise e superfície.


2016 a 2020 – Extremos climáticos e desastres naturais no Brasil

Avaliar quantitativamente a relação entre os eventos climáticos extremos e os desastres naturais, no intuito de identificar áreas que possivelmente serão mais impactadas pelas mudanças climáticas no Brasil.


2015 a 2019 – Modeling glacier surface mass balance in complex terrain on Chilean Central Andes

The main objective of this study is to analyze the glacier surface mass balance in the Central Andes employing high resolution modeling (~1 km) to investigate how key climate drivers affect glacier mass balance in present day conditions and under global warming.


2015 a 2019 – Modelagem do risco de fogo em vegetação

Aprimoramento do Índice de Risco de Fogo Potencial – PFI (JUSTINO et al., 2010), particularmente em verificar sua destreza frente às regiões extratropicais.


2015 a 2019 – Modelagem do ciclo biogeoquímico marinho em diferentes cenários da história geológica da terra

O presente trabalho tem como objetivo avaliar o comportamento do ciclo biogeoquímico oceânico, associados às variações orbitais da Terra nos períodos do presente, do Último Máximo Glacial (LGM) e do Estágio Marinho Isótopo 31 (MIS31), baseando-se nas simulações do modelo climático terrestre UVic ESCM.


2017 a 2018 – Efeitos de elevadas concentrações de O3 na cultura da soja em um cenário de mudanças climáticas

Neste trabalho objetiva-se determinar as alterações fisiológicas (fotossíntese, teor de clorofila, biomassa e índice de área foliar) e da produção de soja (Glycine max L.), sob elevadas concentrações de O3 na ordem de 75 ppb, num cenário de mudanças climáticas. De posse dos dados experimentais, serão calibrados a produtividade no modelo DSSAT e posterior inferência das áreas de maior impacto em função dos cultivares estudados. Os objetivos do presente projeto são parte dos objetivos do Projeto CiXPAG para o estudo de eventos extremos e efeitos de poluentes na produção agrícola, liderados pelo Departamento de Meteorologia da Universidade de OSLO em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Meteorologia Aplicada do Departamento de Engenharia Agrícola da UFV.


2017 a 2018 – Evaluation of dynamical downscaling over complex terrain on Central Andes

O objetivo geral deste trabalho é investigar o impacto das mudanças do clima nas geleiras andinas em diferentes cenários: passado, presente e futuro, através da técnica de downscaling.


2016 a 2018 – Análise da variabilidade espaço-temporal dos índices extremos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste

Este projeto objetiva analisar o padrão dominante e a tendência dos eventos extremos climáticos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste, no período compreendido entre 1980-2015, com ênfase nas bacias hidrográficas dos rios Doce e Paraíba do Sul. Especificamente, pretende-se avaliar a tendência e a magnitude dos extremos climáticos por meio de índices associados a intensidade, frequência e duração dos eventos de precipitação na região hidrográfica Atlântico Sudeste em escala anual e sazonal; e verificar o padrão dominante dos índices extremos de precipitação em escala anual e sazonal por meio da Função Ortogonal Empírica.


2016 a 2018 – Avaliação dos índices extremos climáticos em África Subsahariana e potenciais impactos na agricultura

O projeto objetiva avaliar a evolução temporal dos índices extremos (TXmax, TNmin, TX90p, Rx1day, DCS, Rx5day, R50mm, R95p, EToTOT e EToMax1day) da África Subsahariana e seus potenciais impactos nos desastres naturais e na produtividade agrícola, para períodos atuais e futuros, usando a ferramenta climática Fclimdex.


2015 a 2018 – Efluxo de CO2 em áreas de integração lavoura-pecuária e sob vegetação de cerrado

O objetivo da pesquisa é compreender as emissões de efluxo de CO2 na superfície do solo em área de integração lavoura-pecuária e sob vegetação de cerrado nativo. Especificamente, pretende-se: comparar as estimativas de carbono alocado no solo entre as áreas de integração lavoura-pecuária (ILP) e vegetação de cerrado nativo; analisar as variações de efluxo de CO2 na superfície do solo de lavouras nas fases antes do plantio, durante e pós-colheita e na vegetação de cerrado nativo; e identificar a relação de dependência das taxas de efluxo de CO2 na superfície do solo com as variáveis climáticas e atividade microbiana.


2014 a 2018 – Efluxos de CO2 em áreas sob vegetação de cerrado e lavouras

Esta pesquisa pretende compreender as emissões diárias de efluxo de CO2 na superfície do solo durante o ciclo de uma lavoura em sistema convencional, plantio direto, iLFP e sob vegetação de cerrado.


2015 a 2016 – Observações e modelagem do balanço de radiação em uma área de restinga permanente em Marambaia, RJ

A pesquisa pretende estimar e descrever as variações diárias e sazonais do balanço de radiação e cada uma de seus componentes em uma área de restinga permanente, e sua relação com as condições meteorológicas locais.


2015 a 2016 – Análise temporal do efluxo de CO2 e desenvolvimento de Brachiaria brizantha cv. Marandu

O projeto possui como objetivo geral a medição da evolução do efluxo de CO2 do solo durante o período de um ano, em área cultivada com Brachiaria brizantha cv. Marandu e como objetivos específicos: Verificação do comportamento do efluxo de CO2 em função de variáveis meteorológicas (temperatura do solo, precipitação e temperatura do ar); quantificação da variação sazonal da produção de biomassa, análise de crescimento e simulação da produtividade da braquiária em diferentes concentrações de CO2 pelo modelo DSSAT.


2015 a 2016 – Evolução temporal de precipitação nas regiões serranas dos estados do Rio de Janeiro e Santa Catarina: perspectivas em desastres naturais

A pesquisa pretende avaliar a evolução temporal dos índices extremos de precipitação das regiões serranas do Rio de Janeiro e Santa Catarina e seus impactos nos desastres naturais, usando a ferramenta climática Rclimdex.


2015 a 2016 – Índices de monções de verão para o Hemisfério Sul simulados pelos modelos AR5: clima atual e cenário de mudanças climáticas

Este trabalho avalia a representação dos índices de monção de verão no Hemisfério Sul baseado nos modelos climáticos do CMIP5, para condições atuais e futuras. Especificamente, pretende-se: comparar o desempenho das simulações dos modelos CMIP5 para o Hemisfério Sul com reanálises e dados observados; analisar a variabilidade interanual dos índices de monção de verão em perspectivas atuais e cenários de mudanças climáticas; e avaliar a resposta dos índices e a precipitação de monção de verão com a Oscilação Antártica.


2014 a 2016 – Caracterização dos fluxos de energia e carbono em uma área de preservação permanente de restinga

O projeto objetiva analisar a interação entre o fluxo de dióxido de carbono, vapor d’água e a vegetação de restinga em diversas condições de tempo meteorológico, numa área de restinga no litoral da cidade do Rio de Janeiro, RJ.


2014 a 2016 – Produtividade, fenologia e qualidade dos grãos da cultura do trigo (Triticum aestivum) devido a variações de concentrações de CO2

Neste trabalho objetiva-se analisar e quantificar respostas fenológicas, fisiológicas e produtivas da cultura do trigo (Triticum aestivum) sob atmosfera enriquecida com CO2 e analisar a qualidade dos grãos produzidos. Especificamente, pretende-se: Analisar e quantificar respostas fisiológicas, fenológicas da cultura do trigo cultivado em ambiente enriquecido com CO2 e comparar com o cultivado com ambiente não enriquecido; Analisar e quantificar respostas produtivas da cultura do trigo cultivado em ambiente enriquecido com CO2 e comparar com o cultivado com o ambiente não enriquecido; Analisar a qualidade dos grãos produzidos nos ambientes em questão da qualidade do amido e proteínas; Estimar condições futuras com os dados obtidos através de modelos.


2013 a 2015 – Evolução do clima terrestre em resposta à formação de gelo antártico

Objetiva-se, nesta pesquisa, simular como as variações na altura do albedo do manto de gelo da Antártica estão vinculadas ao surgimento de fenômenos climáticos e oceânicos anômalos nas regiões extratropicais e tropicais do Hemisfério Sul.


2013 a 2014 – Modelo CROPGRO-SOYBEAN no entendimento dos efeitos da ferrugem asiática na produtividade da cultura da soja em Moçambique

Este projeto pretende estimar a produtividade da soja por meio do modelo de simulação de doença da ferrugem acoplado ao CROPGRO-SOYBEAN, considerando diferentes datas de semeadura sob condições de clima atual e futuro.


2012 a 2013 – Variabilidade de temperatura e precipitação na América do Sul associada ao ENOS, Altântico Tropical e Oscilação Antártica: perspectivas do IPCC-AR5

O objetivo deste projeto é avaliar como o clima simulado pelos modelos do IPCC/AR5 representa os principais modos de variabilidade interanual (ENOS, DA e AAO) e suas relações com o clima na América do Sul, para condições passadas e futuras.


2012 a 2013 – Mudança climática devido ao derretimento da geleira antártica na região Oeste

Este projeto pretende investigar, baseando-se em simulações com o modelo global acoplado SPEEDO, os processos oceânicos e atmosféricos associados ao colapso das geleiras continentais oeste da Antártica, referente ao período de 1,080 milhões de anos atrás.


2011 a 2013 – Fluxos de CO2 e balanço de carbono no sistema solo-planta-atmosfera na cultura de soja (Glycine max (L.) Merril)

As metas a serem alcançadas consistem em: 1) Compreender as emissões diurnas e noturnas de CO2 do solo durante o ciclo da cultura da soja; 2) Compreender as magnitudes dos fluxos de CO2 e o balanço de carbono durante o ciclo da cultura da soja, e suas relações de dependência com as variáveis meteorológica e biológica (biofísica) que controlam a magnitude desses fluxos; 3) Compreender as emissões de CO2 do solo sob preparo convencional e plantio direto, e determinar sua relação com a temperatura e umidade do solo. Para atingir as metas mencionadas são propostos os seguintes objetivos: 1) Quantificar as magnitudes e as variações das concentrações de CO2 e dos fluxos de CO2, durante as fases fenológicas na cultura da soja; 2) Avaliar a influência de variáveis biofísicas na magnitude desses fluxos.


2011 a 2012 – Modelagem do risco de fogo na África

Tendo como base os pontos discutidos, e diante da necessidade de se conhecer possíveis implicações das mudanças na circulação atmosférica no futuro, pretende-se neste trabalho investigar a suscetibilidade do ambiente a ocorrência de queimadas para a África com base em um Índice de Potencial de Incêndio (PFI) para as condições climáticas atuais e futuras.


2011 a 2012 – Parametrização e avaliação do modelo CANEGRO para variedades de cana-de-açúcar nas regiões de Juazeiro (BA) e Coruripe (AL)

O presente projeto pretende parametrizar e avaliar o modelo DSSAT/CANEGRO para as variedades RB 867515 e RB 92579, nas regiões de Coruripe (AL) e Juazeiro (BA), respectivamente; Simular a produtividade das variedades de cana-de-açúcar, RB 867515 e RB 92579, sob as condições de clima atual; e Simular a produtividade da cana-de-açúcar em cenários de mudanças climáticas globais futuras, A2 e B2.


2011 a 2012 – Distribuição vertical e horizontal da concentração de vapor de águas na média e alta troposfera

Este projeto objetiva analisar o comportamento da concentração de vapor de água atmosférico para a média e alta troposfera, através de análise estatística multivariada, análise de tendência e redes neurais artificiais, para as regiões tropicais, entre os anos de 1980 e 2010.


2011 a 2012 – Calibração e avaliação do modelo CSM-CERES-SORGHUM para as cultivares BRS 308 e BRS 310 de sorgo granífero

O objetivo geral do presente projeto é calibrar e avaliar o modelo CSM-CERES-Sorghum para o sorgo do tipo granífero. Especificamente, pretende-se: fazer a calibração do modelo para as cultivares BR 308 e BR 310, com dados de experimentos conduzidos em Sete Lagoas, Minas Gerais; avaliar o modelo com dados independentes coletados em Sete Lagoas e Janaúba, Minas Gerais, e em Rio Verde, Goiás; utilizar o modelo para simular cenários de épocas de semeadura para a cultura do sorgo granífero cultivado na região desses três municípios; aplicar o modelo para investigar os possíveis impactos causados pelas mudanças climáticas sobre a cultura do sorgo, considerando os cenários de clima futuro A2 e B2 do IPCC.


2011 a 2012 – Influência do manto de gelo antártico no clima do Hemisfério Sul

Este projeto pretende investigar como variações na altura do MGA está vinculado ao surgimento de fenômenos climáticos anômalos nas regiões extratropicais e tropicais do HS, tendo como ferramenta principal o uso de um modelo climático acoplado oceano-atmosfera.


2010 a 2013 – Impactos das variações da circulação atmosférica tropical na circulação termohalina global

O objetivo geral deste trabalho é simular e avaliar a influência de variações na magnitude do vento no Atlântico Tropical na circulação termohalina global, enfatizando-se a análise dos impactos causados no clima do Hemisfério Sul.


2010 a 2012 – Identificação dos riscos de ocorrência de secas na bacia do rio Guandu – Espírito Santo

O presente projeto tem por objetivos selecionar entre três índices de seca (Decis, SPI e Palmer), o mais adequado para o monitoramento e a previsão da seca na bacia do Rio Guandu e propor ações mitigadoras dos impactos de seus efeitos, para fornecer técnicas de manejo de risco e não de crise, ou seja, estar preparado para lidar com a seca antes que ele se estabeleça.


2010 a 2011 – Modelagem climática do holoceno médio para América do Sul utilizando o modelo acoplado oceano-atmosfera CCSM

Esta pesquisa objetiva reconstruir o clima da América do Sul (AS) para o Holoceno Médio (HM) utilizando o modelo acoplado CCSM (Community Climate System Model) por se tratar de um modelo amplamente utilizado por vários centros de pesquisas no mundo, promovendo sua validação com registros paleoclimáticos encontrados no continente.


2010 a 2011 – Avaliação da intensidade e trajetórias dos ciclones extratropicais sob condições climáticas atuais e de aquecimento global

O objetivo deste projeto é analisar o comportamento sazonal das trajetórias dos ciclones extratropicais no Hemisfério Sul. Especificamente, pretende-se analisar como os ciclones extratropicais no Hemisfério Sul podem variar no futuro como resultado do aquecimento global; analisar os mecanismos de intensificação dos ciclones extratropicais e suas trajetórias, relacionando com mudanças na temperatura da superfície do mar (TSM), ventos de oeste, concentrações de por meio de correlações entre os campos.


2009 a 2010 – Modelagem do potencial eólico sob condições atuais e de aquecimento global: uma interface entre modelos mesoescala e modelos de microescala

O uso de modelos com diferentes complexidades, bem como a aplicação de diferentes metodologias para o cálculo do potencial eólico, é de suma importância para aumentar a confiabilidade das estimativas, e assim dispor de uma malha representativa da capacidade de geração deste tipo de energia no Brasil.


2008 a 2009 – Estimativas de evapotranspiração de referência a partir de um modelo regional de clima-vegetação sob condições atuais e de aquecimento global

O objetivo deste trabalho é simular para o presente (1980-2000) e para o futuro (2080-2100) a evapotranspiração baseada num modelo climático regional.


2008 a 2009 – Efeito das mudanças climáticas na disponibilidade hídrica da bacia hidrográfica do Rio Paracatu

Esta pesquisa objetiva determinar o efeito das mudanças climáticas na disponibilidade hídrica da bacia hidrográfica do Rio Paracatu.


2007 a 2009 – Impacto do enfraquecimento da circulação termohalina no clima do Hemisfério Sul

O objetivo deste trabalho é simular e avaliar o impacto do enfraquecimento da circulação termohalina no clima do Hemisfério Sul. A investigação focará nas mudanças de temperaturas do ar e do mar, precipitação, gelo (espessura e massa) e circulação atmosférica. Além disso, serão estudados os impactos que as anomalias de temperatura do ar e da precipitação poderão causar na agricultura brasileira, visto que os primeiros resultados obtidos (em anexo) mostram alterações no regime de precipitação para a região nordeste do Brasil.


2007 a 2009 – Avaliação do risco de queimadas para a América do Sul a partir de modelagem numérica sob condições atuais e de aquecimento global

O projeto objetiva determinar, a partir de modelagem numérica, a susceptibilidade atmosférica à ocorrência de queimadas para o presente e cenário futuro.


2007 a 2009 – Impacto do aumento nas concentrações de CO2 no clima do Hemisfério Sul baseados em simulações numéricas de longo tempo

O objetivo desta pesquisa é simular e avaliar o impacto no aumento nas concentrações de CO2 no clima do Hemisfério Sul. A investigação focará nas mudanças de temperaturas do ar e do mar, precipitação, gelo (espessura e massa), circulação atmosférica e saldo de radiação.


2007 a 2009 – Estudo da relação entre variáveis meteorológicas e a incidência de dengue no Estado de São Paulo utilizando redes neurais

Este trabalho objetiva investigar a relação existente entre as variáveis de elementos meteorológicos e o avanço da dengue no Estado de São Paulo.


2007 a 2008 – Impacto do dióxido de carbono no clima do Hemisfério Sul

O projeto objetiva avaliar a influência das mudanças nos níveis do dióxido de carbono no clima do Hemisfério Sul.

© 2020 Universidade Federal de Viçosa - Todos os Direitos Reservados